14.10.07

Por vezes, sinto vontade de chorar... por nenhum motivo, ou por vários; simplesmente chorar...

À noite... a noite é o refúgio dessa vontade, e o escuro é o manto que cobre a minha fraqueza... No silêncio, ouvem-se rastos dos lamentos que tento esconder.
As lágrimas escorrem pela face, expressões líquidas de sentimentos profundos que não mais consigo disfarçar.
Na minha cabeça, turbilhões de pensamentos assolam, sem ordem lógica, sem causa ou consequência.
Não sei porque choro... ao ser humano convém não saber as razões de certos sentimentos. É preferível esconder (até de nós mesmos) o que se passa no mais profundo do nosso ser, para não termos que o admitir, que o entender... assim vamos vivendo: guardando e reprimindo emoções onde ninguém as pode descobrir.
Até que, numa noite desventurada,a "máscara" que teimamos em usar se rompe.... e  que escondemos tem de sair... Assim mostramos a fraqueza da armadura que estamos costumados a usar... tendo a lua e as estrelas como testemunhas, e a almofada como amparo...
Porém, a lua e as estrelas não podem relatar o que viram... assim, esquecemos... foi apenas um sonho. Sim, um sonho mau...Já acabou, hoje já está tudo bem. Estava a dormir. Estava a dormir para o mundo. A dormir para a vida... a dormir, para mim mesma...era apenas um sonho...


sinto-me: A sonhar....
música: "Don't cry" - Gun's and roses
tags:
publicado por Vera às 01:40

essa mascara sei bem o que é. hoje usu a menos, ela escondia e disfraçava demasiado e era demasiado suporte para mim. entendi que por vezes pais pelo menos eles deviam conhecer mais de mim e saber o porque de certs reaçoes. saber que nao sou invencivel e que nao aguento tudo, que preciso de apoio deles. que esta vid nao é facil. Na me arrependo de tirar um pouquito a mascara é mais facil viver sem ter que sorrir com o coraçao triste. Se mascara mesmo s o meu namorado qu teveo o dom de ma conseguir tirar com toda a gentileza.
sAndRa a 14 de Outubro de 2007 às 14:32

"Quem se aborrece com a repetição, porque não é capaz de gozar as subtis diferenças que ela nos traz, não conseguirá mais do que repetir o seu aborrecimento, mudem o que mudarem os seus hábitos quotidianos". (Fernando Savater)
mais sobre mim
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
20

25
26
27

28
29
30
31


arquivos
2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
blogs SAPO